Engravidor

Se já não bastasse a carência e a reclamação, as duas características mais comuns em todas as mulheres, a dor pode vir forte durante a gravidez. O que era para ser um momento Kodak pode se transformar numa desagradável rotina de 9 meses.

Não são todos os casos. Cerca 80% das mulheres grávidas sentem dor na coluna lombar, umas mais outras menos. Muitos atribuem ao aumento do peso. Já outros as mudança dos hormônios.

São três aspectos relevantes nisso:

  1. É comum ter dor na gravidez
  2. Algumas dores não são normais na gravidez
  3. Não é só a lombar que dói

 Para isso, vamos ver algumas dores que são comuns, vão passar em algum momento e, se não passarem…..Alerta!

. Dores lombares – - já comentamos antes

. Dores abdominais – - cólicas devido ao crescimento do útero, contrações e em algum momento próximo da hora H. Também por prisão de ventre. Mas, cuidado. Cólicas intensas podem ser sinais graves.

 

. Dores de estômago apertado – - quanto mais o bebê cresce, mais espaço ele ocupa. Portanto, não dá mais para ir ao rodízio de pizza e comer 10 fatias.

 

. Dores por dentro da pelve – - estão associadas as contrações.

 

. Dores nos seios – - eles incham né? Não tem jeito.

 

. Dores de cabeça – - podem estar relacionadas ao inchaço e as mudanças hormonais. Pode ser também um aviso do Baby-Xi (abacaxi bebê) que está por vir. Fora isso, é aviso de alerta.

 

. Dores nas juntas – - e joga fora. Acuso o inchaço de mais um crime contra a drenagem linfática.

 

. Dores nas pernas – - por cansaço, mais peso para mover e novamente pelo criminoso do momento: “inchaço bafo de bode”

. Dores nos nervos – - nervosa? Imagina….mas, em alguns casos os nervos das mãos e pernas podem doer pois são comprimidos pelo inchaço.

 

. Dores de dente – - talvez por cuidarem menos dos dentes durante este período…

 

. Dores pelo cansaço – - aumento do peso, diminuição das atividades, sono ruim podem provocar dor.

Só as mulheres mesmo para suportarem dor em prol de um bebê.

Mais sobre o assunto:

http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?214

http://bebe.abril.com.br/materia/as-dores-mais-comuns-na-gravidez

Muito bem. Vamos as dicas para mulheres com dor crônica.

. Pode engravidar se tiver dor crônica? Claro. Pode ser que vá doer mais.

. Pode engravidar e fumar e beber e ter dor crônica? Só se você quiser ter um filho com a chaminé.

. Pode engravidar se já tiver operado a coluna? Claro. Pode ser que vá doer mais.

. Pode engravidar e continuar tomando remédios para a dor crônica? Não. A maioria dos 300 remédios vão parar já em algum momento.

. Pode engravidar se tiver fibro? Fibro, quer dizer fibromialgia para os íntimos como eu. Claro, mas pode ser que vá doer muito mais.

. E os desejos? Deseja comer melão com feijão ou ter menos dor? Melão com feijão a gente arruma, mas ficar sem dor não dá querida, infelizmente.

 

É isso ai. Essa postagem é em homenagem a minha amiga Roberta e meu amigo Daniel, que tiveram um baby recentemente. Minha querida amiga passou por quase tudo isso. Meu querido amigo observou, pacientemente, todas as dores. Felizmente, nada como uma taça de pró seco e um bolinho de bem nascido para superar as dores e o nascimento do Rafael.

Curta minha página do facebook - http://www.facebook.com/blogdadorcronica

Abraços gravídicos.

Artur Padão Gosling – Pada

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>